segunda-feira, 10 de junho de 2013

RI para Especialista

A partir de uma consulta de colega sobre processo de recrutamento interno para especialista, indagamos a área de Gestão de Pessoas sobre o assunto e recebemos a seguinte resposta, que interessa a muitos:

"Foi concluído recentemente, pela área de Gestão de Pessoas, o estudo técnico que projetou a necessidade de pessoal por cargo/atividade/especialidade em todos os níveis para os próximos 5 anos.
A partir desse estudo, a Empresa estará desencadeando processos seletivos que visarão atender ao previsto para esse período, já a partir do segundo semestre deste ano." 

48 comentários:

  1. Ótima notícia!
    Esta ação tem sinergia com a meritocracia que desejamos.
    Será que há também algum estudo em curso para criar um estímulo financeiro (um adicional no salário)à pós-graduação?
    Grato
    Luiz Antonio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deveria ser automático, sou técnico de segurança do trabalho e exerço atribuições administrativas (sou agente de correios atividade suporte) na empresa sendo que poderia ser melhor aproveitado, me arrependo muito de ter continuado na empresa após a minha formação, na época acreditava que a empresa fosse progredir no quesito gestão de pessoas mas o que vi foi uma regressão após a omplantação do novo PCCS, se estivesse na iniciativa privada com certeza seria melhor aproveitado.

      Excluir
    2. Acho estranho essas pessoas. Reclamam da empresa que paga seu salário, acredita que a iniciativa privada é muito melhor para ele, mas não larga o osso... desapega meu filho.

      Excluir
    3. A empresa é pública, onde as pessoas prestam CONCURSO PÚBLICO, voluntariamente, para o cargo que escolheram.

      E os demais cidadãos brasileiros, formados em técnico de segurança do trabalho não tem direito a prestar concurso também?

      As pessoas parecem ter dificuldades de entender que para cada CARGO há exigência de concurso específico e a empresa pública, não pode realizar esse " aproveitamento".

      Não confunda iniciativa privada com empresa pública! Iniciativa privada é permitido aproveitar a formação do empregado. Na empresa pública é ema ema ema, prestou concurso para o cargo A, tem que realizar a atividade do cargo A. Se deseja realizar a atividade do cargo B, que preste concurso para o cargo B.

      Excluir
  2. Ótima Notícia.

    Gostaria de saber como seria o RI para estagio de desenvolvimento,digo, JR p/pleno, pois estou a 12 anos no estagio de desenvolvimento JR, com isso, atrasando o meu desenvolvimento e acredito que de muitos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também estou esperando esta justa progressão salarial e desenvolvimento profissional desde da aprovação do PCS 2008. Podedmos ter esperança da realização deste RI para alteração de estágio de desenvolvimento?

      Excluir
    2. Concordo com você colega, pois eu estou a 15 anos nesse estágio aguardando uma resposta, e até o momento nada....

      Excluir
  3. Gostaria de saber se terá RI de Pleno para Senior para Analista de Sistemas. Obrigada.

    ResponderExcluir
  4. Nada adianta ter pessoas qualificadas se os cargos são todos politicos, colocando gente totalmente desqualificada e fazendo esta grande Empresa que é a ECT estar no prejuizo.

    ResponderExcluir
  5. Tem de ser indagado porque a empresa ainda nao fez e quando fara os RI para mudança estagio de Jr p Pleno e Sênior. Esta previsto no Plano de Carreira de 2008 e nenhum nas regionais foi feito. Sou Jr desde 2005. A empresa fala em meritocracia nao efetiva as ações e politicas que deixariam isso evidente aos colaboradores. Para ficar na parede nao da, as pessoas vão procurar licais onde sao reconhecimentas pelo trabalho, competência e resultafos. Joao Batista

    ResponderExcluir
  6. É brincadeira! Não podem acreditar nessa história de sempre, todo ano a empresa divulga; geralmente em data que antecedem a data base; que ira fazer fazer RI, cria de trabalho para tratar do PCCS e outras artimanhas que levam os incautos a achar que estão numa empresa séria. O ano passado foi o RI para técnico, agora essa...
    É necessário ver de que lado esta o nosso representante no conselho de administração.
    Eu não acredito!

    ResponderExcluir
  7. Tratamos do tema RI para Especialista no blog porque o tema foi levantado por um de nossos colegas e, a partir daí, acionamos a VIGEP para sabermos como estava o assunto no momento. As informações divulgadas são a posição recebida daquela área e estão, inclusive, entre aspas, para indicar isso.
    Cabe-nos acompanhar o tema e cobrar a efetiva implantação da medida, o que deve ser feito por todos os ecetistas, inclusive o colega que postou o comentário anterior, de forma a se ter a efetiva concretização do que é anunciado como planejado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luís Carlos Gonçalves6 de maio de 2014 09:46

      Marcos, hoje é 06 de maio de 2014 e o RI não saiu. Tenho que concordar com os colegas. a ECT está jogando o jogo de palavras, enrolando os empregados. a direção dos Correios, incluindo você, perde credibilidade com tal comportamento.

      Excluir
    2. Luís Carlos, Respeito sua opinião. Tenho limites para atuação como conselheiro, mas penso que os empregados têm todo o direito de cobrar dos administradores a solução para questões que se arrastam sem solução. Continue cobrando!

      Excluir
    3. Boa tarde, Marcos

      Como podemos cobrar a empresa para que ela implante a mudança de estágio?

      Excluir
    4. Os trabalhadores podem cobrar os temas que lhes afetam de várias formas. Uma delas que indicaria seria por meio do Canal Aberto com a Diretoria. Trata-se de um serviço disponível na página inicial da intranet, por meio do qual qualquer empregado pode enviar à direção da Empresa seus questionamentos. Outra maneira é por meio dos sindicatos e associações, que dispõem de canais de contato com a Empresa para externar os problemas que afetam os trabalhadores. E quando muitos reclamam o assunto se torna importante.

      Excluir
  8. É um tema muito importante para as nossas carreras na ECT. Obrigado por nos informar do andamento deste processo.

    ResponderExcluir
  9. Finalmente, mesmo que não exista nada de concreto, a temática veio a abrir um debate de suma importância para os trabalhadores de Nível Superior que vem sendo esquecido pela empresa. Onde a sua direção ainda permite a continuidade da utilização das Funções como mecanismo dominador e de despotismo. Sem um verdadeiro plano de carreira, o empregado fica submetido a processo de disputa por uma função sem um critério de lógica com a meritocracia. Situação negativa de opressão e de constantes estresses.

    ResponderExcluir
  10. Também espero que os RI sejam implantados pois temos profissionais do mais alto gabarito, comprometidos com a empresa e que merecem e precisam ser valorizados. Porém temos também, infelizmente, profissionais capacitados porém NÃO COMPROMETIDOS com a ECT que, pelo seu não comprometimento, utilizam do seu tempo de trabalho para outros fins. A Meritocracia deve se ater a este ponto. Somente uma prova teórica não é a melhor maneira de se promover um profissional.

    ResponderExcluir
  11. O tal de RI pra técnico que nunca sai, são 3 anos de de conversas.

    ResponderExcluir
  12. Marcos, bom dia! Você sabe se a consultoria que os Correios contrataram para avaliar a situação salarial do nível superior perante o mercado foi concluída? A VIGEP havia confirmado que essa consultoria seria finalizada 2o semestre de 2012 e desde o 1o semestre de 2012 estamos ainda sem novidades. Grato.

    ResponderExcluir
  13. Já para o segundo semestre teremos RI? Bem, estamos no meio do mês de agosto e até agora nada de notícias... Agradeço muito se puder nos informar se este processo(Recrutamento Interno) está mesmo em andamento ou seria somente boatos.

    ResponderExcluir
  14. Prezado Marcos César:

    Estou feliz por ter votado em você.
    Uma luz de mudanças lentas, graduais começam para fazer face às interferências de políticas para ascender na ECT pessoas oportunistas, bem como questões estratégicas para nossa sobrevivência e perpetuidade.

    Como professor de estratégia e marketing, atuando em inteligência competitiva, farei minhas observações para ajudá-lo a torna a ECT cada vez mais sólida.

    ResponderExcluir
  15. Votei super bem.....se pudesse votaria mil vêzes....até que enfim alguém pra nos representar com interesse verdadeiro. Parabéns Marcos.

    Seguinte, nos empenhamos em estarmos atualizados....embora com o cansaço físico e mental, ainda com esforço..lá vamos estudar, pagando faculdade que hoje em dia não é barato....nos formamos e a empresa não ofereçe mais os 5% que antes era adotado. Tem como retirar assim na boa??? e os que já foram completados...foram agraciados porque???? Esses 5% deve voltar....seria injustiça, no meu ponto de vista.

    Desejo ótimo trabalho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Outro ponto importantíssimo: Plano de Carreira. O empregado hoje faz graduação, pós-graduação, tem inclusive bolsas na ECT hoje em dia de mestrado e doutorado, mas incentivo $$$ que e bom, nada! Pensando na logica, pra que o empregado da ECT vai estudar? So se for para sair dela!

      Sinceramente, não sei se a ECT não incentiva por não querer gastar, ou se o plano e evitar que o empregado estude para que posteriormente evite perde-lo para o mercado de trabalho.

      Qual sera a verdade?

      Douglas Silva

      Excluir
  16. Um colega indagou como estava hoje esta questão dos RIs. Acredito que, após concluírem a contratação do concurso público, os técnicos da VIGEP poderão focar mais especificamente esta questão, para levar o tema à direção da Empresa.

    ResponderExcluir
  17. Concordo com o colega, realmente votamos muito bem.
    Nossos representantes estão cumprindo o seu dever. É necessário apenas termos paciencia, levantarmos outras questões e leva-las a nossos representantes para que sejam questionadas junto ao conselho.
    Neste forum, não podemos confundir essa representação com nossos ideais políticos/sindicais. Pelo que tenho percebido, valeu muito o nosso esforço em SPM para elegê-los, até este momento, estamos no caminho certo. Parabéns, Marcos e Barbosa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sr.s, são mais de 5 (cinco) anos que é previsto fazer RI, no meu caso de Técnico Pleno para Sênior, e nada. É muito estudo para pouca ação. Concurso público é algo que sempre vai existir. RI também deveria ser frequente. Não venha com desculpas que a VIGEP está muito ocupada com concurso. Ela tem que cumprir com o pactuado, se não, para que serve o PCCS? A atuação dos conselheiros eleitos deve ser mais incisiva ou se tornará mais um que apenas irá concordar com a alta cúpula. Se não estiver disposto a se indispor com o alto comando então não serve.

      Excluir
    2. Também me encontro nessa mesma situação (PL para Sênior). E as informações não são muito claras à respeito.

      Excluir
    3. Realmente, o RI nunca chega para os técnicos, sou técnico Jr. a 5 anos e nem sinal de R.I. É muito desmotivante!

      Excluir
  18. 1. concordo que a sistemática de RI deveria ser algo contínuo, do dia a dia.
    2. as respostas da VIGEP não constituem o pensamento do conselheiro, que divulga estas informações exatamente para conhecimento e reflexão de seus colegas, que podem ou não concordar com os posicionamentos defendidos por aquela área.
    3. a atuação do conselheiro eleito pelos empregados tem sido bastante incisiva e tem recebido a atenção dos demais conselheiros em diversos temas, conforme demonstram as próprias notícias do blog e as atas de reunião do Conselho.

    ResponderExcluir
  19. Concordo com vários colegas, pois ingressei na na empresa há 11 anos, no cargo de Administrados Junior, na época, e continuo no mesmo estágio. É desestimulante uma situação dessa, pois vejo colegas que cargos técnicos, que ingressram na empresa na mesma época, e por conta de alguns acordos coletivos, hoje já estão no estágio Pleno, pois anteriormente essa alteração ocorrida de acordo com o degraus de Referência Salarial que eram alcançados, e que foram dados nos acordos coletivos. Benefícios estes que não foram dados aos cargos de nível superior. Ano a ano vemos nosso salário achatado, e sem perspectivas de crescimento e valorização profissional dentro da empresa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Equivoca-se, também foi concedido aos empregados de nível superior. Só que achar técnicos e analistas com essas evoluções é que são elas. Geralmente são bem antigos.

      Excluir
  20. Ao meu ver a adoção de RI para promoção vertical por mudança de estágio de desenvolvimento (de JR para PL, de PL para SR e de SR para MR) é uma grande falha desse PCCS. A promoção deveria ser automática, considerando o tempo e o GCR do profissional. Da forma que está irá frustrar a maioria pois poucos conseguirão subir pois a quantidade de vagas que a ECT irá oferecer com certeza será mínima. A esmagadora maioria continuará nos cargos atuais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vitor,

      A Policia Militar mineira adota esse sistema de graduação de nível após certo tempo, observadas algumas condicionantes.

      Nos Correios, após algumas gestões fracassadas de certas legendas, a coisa parou, estagnou de vez. Quando vier o RI, vai ser como um conta-gotas de remédio humano para matar a sede de um cavalo; serão pouquíssimas vagas, com cotas já previamente definidas. Isso e, se ocorrerem mesmo os tais RIs.

      Douglas Silva

      Excluir
  21. Fiquei no cargo de Programador de Computador Junior por 10 anos, a empresa congelou, não contratava ninguém e nem realizava Concurso Publico ou RI para os níveis Pleno e Sênior, estranho que o cargo não foi extinto e foi alterado no PCCS 2008 para Técnico de Correios Jr, Suporte (programador de computador). Em 2008 fui reclassificado no Concurso Publico de Analista Sistemas Pleno e a 5 anos aguardo o RI de Pleno para Sênior. Será que ainda haverá RI para mudança de Níveis nos cargos de nível superior?

    ResponderExcluir
  22. Consultamos informalmente a VIGEP a respeito do estágio atual do tema RI na empresa:
    A resposta recebida foi a seguinte: “Estamos ultimando a preparação para contratação de Empresa para o RI, afinal são mais de 60 mil candidatáveis. Estaríamos no processo de orientação e inscrição, no entanto, estamos tolhidos por decisão judicial, que proíbe, até que a revertamos, RI para cargos e atividades. A equipe da VIGEP está preparando subsídios para o DEJUR preparar a defesa da Empresa.”

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Decisão Judicial... opa, cheiro de interferência sindicalista no ar!

      Mais uma vez esse sindicatozinho inútil atrasa a vida dos ecetistas. E ainda há quem paga mensalmente para esses incompetentes ficarem lutando por causas que não sejam do coletivo.

      Douglas Silva

      Excluir
  23. Marcos, lembrando que a decisão judicial proíbe RI para mudança de cargo e atividade mas não para mudança de estágio de desenvolvimento (JR para PL, PL para SR e SR para MR).

    ResponderExcluir
  24. Sr. Marcos, bem lembrado pelo colega Victorino, para mudança de Nível no mesmo cargo há alguma restrição na decisão judicial?
    Outro assunto que desmotiva o pessoal de nível Técnico da área de TI os Técnicos de Correios Jr - Suporte (Programadores de Computador e Técnico Industrial) não tem e nunca teve o diferencial de mercado, que somente os Analistas recebem, apesar de desenvolverem atividades iguais aos Analistas.

    ResponderExcluir
  25. Acho um absurdo essa historia de RI para mudança de estágio de desenvolvimento na carreira. A mudança deveria ser automática, levando em conta apenas a quantidade de tempo, 5,7,10 anos.

    ResponderExcluir
  26. Alguma novidade sobre o assunto, Sr. Marcos César?

    ResponderExcluir
  27. Geyson, sem novas informações no momento.

    ResponderExcluir
  28. Caro Marcos César, bom dia!
    Duvido que isso aconteça em médio prazo, e dependendo de quem vai conduzir esses recrutamentos só passarão os amigos dos amigos, conforme já ocorre hoje nos recrutamentos internos.

    Teixeira.

    ResponderExcluir
  29. Nada de RI, e por mudar de área dentro da Gerência e "esquecerem" de solicitar a manutenção do meu diferencial de mercado de engenheiro, estou há três meses sem recebe-lo.
    Solicitei há dois meses e a resposta da GAREC é que Brasilia está avaliando.
    Avaliando o que?
    Sou Engenheiro, concursado para exercer o cargo de Engenheiro, listei todas as atividades que exerço que são pertinentes à minha formação e mais, já recebia, não é solicitação para começar a receber, eu já recebia, é apenas reativação.
    Engenheiro Pleno há mais de 14 anos desde minha admissão na empresa, também aguardo o RI previsto para o segundo semestre do ano passado.
    Resumo, não progredi profissionalmente e ainda tenho meu salário diminuído.
    É muito estimulante e motivador!

    Marcelino Monteiro Januário DR/SPM

    ResponderExcluir
  30. Bom dia Marcos, como vai?
    Alguma novidade sobre RI?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom Dia, Marcelino.
      Infelizmente, não soubemos de nenhuma novidade a esse respeito.

      Excluir